.

Receita Federal bate recorde em apreensão de cocaína no último semestre

Compartilhe essa postagem com outras pessoas...

A Receita Federal apreendeu quase 28 toneladas de cocaína no primeiro semestre de 2020 e o porto de Santos foi responsável por 40% das apreensões.

O resultado é recorde para o período. A quantidade é 5% maior do que a registrada entre janeiro e junho de 2019, e é o maior resultado já apurado pelo órgão nos seis primeiros meses de um ano.

Para combater a movimentação de drogas no país, a Receita Federal tem investido em tecnologia, capacitação de servidores e ações de inteligência, como troca de informações com órgãos de segurança nacionais e administrações aduaneiras de outros países.

Outros portos que registraram números expressivos foram os de Salvador, na Bahia e Paranaguá, no Paraná.

Em 2019, a Receita Federal registrou um recorde de apreensão de cocaína, com 57 toneladas apreendidas. O resultado foi 84% maior do que o apurado em 2018.

 

Da Rede Nacional de Rádio em Brasília, Luciano Barroso.

  • manoelimportadosred
  • mginformatica1

Banner Seu Menu (NÃO APAGAR)

banner-seumenu-blitz