. Brasil e Mundo

Quase R$ 10 bi foram pagos indevidamente

É o que constatou uma auditoria da CGU

Quase R$ 10 bi foram pagos indevidamente

O governo federal pagou indevidamente o Auxílio Emergencial para quase cinco milhões de pessoas. Na lista aparecem servidores da união, militares, menores de idade, políticos ocupantes de cargos eletivos e até pessoas mortas. O prejuízo para os cofres públicos chega a quase dez bilhões de reais. Estas pessoas receberam o dinheiro em 2020 e 2021, no auge da pandemia. O recurso representa 7% do total gasto neste período. O Ministério da Cidadania informa que já conseguiu recuperar quase 8 dos 10 bilhões de reais do Auxílio Emergencial pagos a quem não se encaixava nos critérios para receber o benefício. 

Banner Seu Menu (NÃO APAGAR)

banner-seumenu-blitz

manuel-importados